Fechar [x]
APOIE-NOS
Tubarão/SC
26 °C
13 °C

Magnífico: sinônimo de fartura não se resume apenas ao nome

O novo conceito em cachorro quente de Tubarão também traduz um dos principais pilares do empreendedor Alexsandro Peres D´Avila – a fé em Deus

Por Redação
08/07/2024 - 11h52.Atualizada em 08/07/2024 - 12h34
Empresário Alexsandro Peres D´Avila, proprietário do Magnífico em Tubarão - Foto: Joyce Santos/Revista Única

O empresário Alexsandro Peres D´Avila, de 48 anos, proprietário do Magnífico, cachorro-quente que tem encantado aos mais exigentes paladares em Tubarão, apresenta uma trajetória de dedicação ao trabalho e à família.

:: Quer receber gratuitamente notícias por WhatsApp? Acesse aqui

Ele encontrou na experiência com o pai, que trabalhava com instalação e manutenção de ares-condicionados, sua veia para o empreendedorismo. Percebeu que era possível mudar o modelo de negócio para expandir a empresa. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foi quando decidiu empreender seu próprio negócio – uma empresa de climatização que também trabalhava com venda dos equipamentos. E assim conquistou grandes clientes, como algumas lojas de grandes varejistas nacionais.

Natural de Porto Alegre, Alex, como é carinhosamente chamado entre familiares e amigos, veio para a Praia do Rosa passar férias. Seu carro era plotado com o slogan da empresa e chamou bastante atenção de pessoas no balneário catarinense. Ele ficou hospedado em um apartamento que tinha uma padaria embaixo. 

Quando estacionava o carro plotado no local surgiam pessoas em busca de seus serviços. “As pessoas me abordavam perguntando sobre meus serviços, relatavam a dificuldade de mão-de-obra especializa e isso me chamou muito a atenção. Não eram uma ou duas, mas várias pessoas. E no último dia veio falar comigo um construtor e me convidou para vir morar por ali”, comenta Alex.

O empresário revela que foi quando percebeu que poderia aproveitar essa demanda para realizar um sonho guardado internamente. Poder propiciar mais qualidade de vida para a sua família.

Na capital gaúcha, o empreendedor ficava bastante preocupado com a exposição dos dois filhos à criminalidade.

“Meu filho chegava em casa contando fatos do cotidiano dos colegas de escola bastante violentos. Um dia um estudante havia sido vítima de homicídio. Teve outra vez que meu filho me ligou para buscá-lo no shopping porque havia sido assaltado. Isso me deixava extremamente preocupado”, exemplifica Alex.

Ainda nas férias na Praia do Rosa, Alex questionou a sua esposa se ela toparia a mudança. “Não brinca com este assunto, se for sério eu venho sim, disse ela”, relembra Alex.

Vida nova

Eles retornaram para Porto Alegre, mas decididos a seguir o plano de voltar para morar, definido em fevereiro, na Praia do Rosa, e voltaram para o litoral catarinense em abril. Durante 12 anos Alex trabalhou na mesma área na região de Garopaba. Mas estava um pouco cansado de trabalhar no ramo de ar-condicionado, após sofrer uma queda de uma escada em 2020. 

Em seguida, ele soube de um cachorro-quente que havia sido inaugurado em Garopaba. E para sua surpresa o proprietário do exitoso negócio era seu conhecido de Porto Alegre.

“Fiquei muito feliz, pois nós adorávamos frequentar o estabelecimento dele quando morávamos no Rio Grande do Sul. Então fomos conhecer o seu negócio agora na mesma cidade em que havíamos escolhido para morar. Fui surpreendido positivamente com um empreendimento interessante, organizado. Ele hoje tem três lojas”, conta.

Alex garante que sempre pedia para Deus algum caminho – um norte para seguir. “Fui à igreja e fiz esse pedido. Ao chegar em casa meu filho veio me falar que o Denilson, proprietário do Magnífico, iria abrir oportunidade para franquiar. Diante da minha fé

incontestável, eu fiquei certo que era hora de mudar novamente e liguei para ele na mesma noite”, salienta Alex.

A escolha por Tubarão

Desde então, Alex começou a pesquisar outras cidades que garantissem a qualidade de vida para a família – que ele conquistara e não gostaria de abrir mão – ao mesmo tempo serem propícias ao empreendimento.

Foi assim que ele chegou em Tubarão com este olhar criterioso. Mas novamente se conectou com sua fé e pediu para Deus um sinal para que pudesse ter sucesso na escolha do endereço para abrir seu novo negócio.

“Convidei minha esposa para dar uma volta de carro na Avenida Patrício Lima à procura de um imóvel para alugar. Achamos um próximo à ponte, mas ao ligar para o número divulgado não fui atendido. 

Liguei quatro vezes e nada. Então pensei, ‘vamos estacionar o carro mais para o final da avenida e dar uma caminhada’. Eu estacionei exatamente em frente a este imóvel em que está meu estabelecimento hoje. Havia uma placa de aluga-se e o proprietário me atendeu de primeira”, frisa Alex.

E assim Alex começou seu investimento, resiliente diante de todas as dificuldades que se apresentavam por conta de sua fé. “As pessoas perguntavam o que eu ia abrir neste local, inclusive o proprietário, e me questionavam quando descobriam que seria um cachorro-quente. Falavam: “Nossa, mais um cachorro-quente. E meu locatário hoje é meu cliente assíduo”, relata ao frisar que foi bem recebido na cidade.

Além dos dois filhos, atualmente Alex e Cássia tem mais uma filha, a menina Lívia, de seis anos, nascida em Santa Catarina.

Superação

Alex enfrentou problemas sérios, mas não desistiu. Vendeu uma casa que havia adquirido em Garopaba para montar o novo negócio. Ele lembra que nos primeiros dias de portas abertas, o seu fluxo de caixa se resumia à venda do dia.

Na inauguração Alex teve a ideia de convidar apenas seus fornecedores e outros trabalhadores que transformaram o imóvel para seguir os padrões do Magnífico. “Era para ser de portas fechadas, mas eu não consegui. Começou a formar fila na porta de pessoas querendo experimentar nosso produto”, comemora.

Mão-de-obra

A escassez de mão-de-obra que trouxe Alex e sua família para Santa Catarina não demorou a ser um desafio para seu novo negócio. “No início eu trouxe um profissional que eu conhecia de Porto Alegre, e até minha sogra trabalhava aqui conosco. Agora, nós já conseguimos treinar nossa equipe. Está uma equipe ótima”, enaltece Alex.

Expansão

Já faz nove meses que o Magnífico abriu as portas e segue em franco crescimento. “Todos os dias recebemos pessoas diferentes. E também já temos clientes fiéis. Isso é resultado de nosso esforço para manter nossos diferenciais, desde o pão com receita específica, o molho é feito apenas com produtos naturais. O cachorro-quente grande se aproxima de um quilo, mas seus ingredientes o tornam leve para a digestão” exemplifica.

O empresário antecipa que após o período de gestação, a criança já quer ganhar uma irmã. Alex antecipa que estuda uma nova cidade para montar mais uma franquiada do Magnífico na região da Amurel. Ele pretende ampliar os negócios para que seus filhos possam fazer a sucessão familiar.

+Lidas

Revista Única
www.lerunica.com.br
© 2019 - 2024 Copyright Revista Única

Demand Tecnologia

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade. FECHAR