Foto: Marcelo Becker

Ato celebra entrega de biodigestor doado pela embaixada de Israel a escola do município

COMPARTILHE:

A doação de um biodigestor feita pela embaixada de Israel em São Paulo à Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Cleto da Silva, na Guarda Margem Direita, foi celebrada nesta sexta-feira, 05, durante uma nova visita do cônsul Rafael Erdreich ao município. O equipamento foi instalado há alguns dias e já produz gás para a cozinha da escola.

:: Quer receber notícias, gratuitamente, por WhatsApp? Acesse aqui

A doação foi anunciada no mês de junho, na segunda visita do cônsul Rafael a Tubarão, na série de ações e iniciativas se encaminharam a partir do acordo de cidades-irmãs com Hefer Valley. O biodigestor foi entregue pela HomeBiogas, empresa de Israel com unidades em vários países, inclusive no Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O biodigestor, com tecnologia israelense, gera energia limpa, renovável e sustentável. O funcionamento é simples e dispensa o uso de energia elétrica: graças a uma cultura de bactérias presente no reator do produto, cascas, ossos, restos de alimentos e fezes de animais de estimação são convertidos, diariamente, em até sete horas de gás de cozinha. Neste sentido, possibilita, de uma só vez, o descarte adequado do lixo doméstico e o acesso a recursos cada vez mais escassos.

O equipamento tem capacidade de produção equivalente a 2,5 botijões de 13kg por mês. A EMEB Cleto da Silva consome por mês três botijões. Além disso, ocorre a geração de fertilizante líquido que será utilizado em uma horta comunitária.

“O gás gerado pelo biodigestor quase supre a necessidade mensal da escola, o que sem dúvida, representa uma boa economia financeira. Mas o mais importante dessa ação é a consciência ambiental que os estudantes adquirem vivenciando essa experiência de reaproveitar materiais na geração de energia”, destaca o diretor-presidente da Fundação Municipal de Educação Maurício da Silva.

O reaproveitamento de restos de alimentos na geração de energia foi uma das tecnologias que chamou a atenção do prefeito Joares Ponticelli durante a missão tubaronense a Israel no mês de março.

“É um projeto-piloto, fruto dessa parceria entre Tubarão e Israel, com um processo educacional muito importante. Também estamos avançando nas tratativas de parceria comercial entre uma empresa tubaronense e uma empresa israelense e teremos novidades em breve em relação a isso”, lembrou o prefeito.

O cônsul Rafael Erdreich demonstrou satisfação em retornar a Tubarão pela terceira vez no ano e falou sobre a promissora parceria.

“Estamos muito satisfeitos, já temos bons resultados neste caminho que começou em 2019 na primeira visita de Tubarão a Israel e agora vemos os frutos desse acordo em vários setores, como essa doação que estamos fazendo hoje”, comentou Rafael Erdreich.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação Giovani Bernardo, a relação de Tubarão com Israel dá os primeiros passos de maneira muito satisfatória.

“As tratativas para a parceria entre uma empresa de Tubarão com uma empresa privada de Israel estão evoluindo bem, respeitando regras de mercado que precisam ser cumpridas. Os resultados das missões a Israel e do acordo de cidades-irmãs estão surgindo”, destacou Giovani.

COMPARTILHE:
Joyce Santos

Joyce Santos

Jornalista e redatora do portal www.lerunica.com.br.
documento2.png

NOTÍCIAS RELACIONADAS