Foto: Ascom/FCEE

Altas Habilidades/Superdotação ganha portal inédito em Santa Catarina

COMPARTILHE:

Para ampliar o conhecimento a respeito do tema e contribuir para a qualificação do atendimento pedagógico da pessoa com Altas Habilidades/Superdotação, a  Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) lança o Portal da Superdotação de Santa Catarina no dia 30 de junho, às 15h, no Museu da Escola Catarinense (MESC), em Florianópolis.

:: Quer receber notícias, gratuitamente, por WhatsApp? Acesse aqui

A solenidade de lançamento marca a abertura da exposição ‘Lendo e Relendo Cruz e Sousa’, com ilustrações produzidas por jovens estudantes do Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAH/S), um dos centros especializados da FCEE, com base em poemas do ilustre escritor catarinense. O evento contará com a realização de performance e leitura de poemas de Cruz e Sousa pelo ator catarinense JB Costa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“O portal é a concretização de um grande trabalho desenvolvido. Será um acervo de fácil acesso, onde as famílias poderão buscar informações de qualidade, de forma assertiva.  Viabilizar esse acesso através de uma fonte segura é vital para as famílias, é a democratização da informação de qualidade”, comenta Andréia Panchiniak, coordenadora do Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAH/S), um dos centros de atendimento especializado da FCEE.

A pessoa com indicativo de Altas Habilidades/Superdotação apresenta necessidades educacionais especiais e um ritmo de desenvolvimento cognitivo acima da média para sua faixa etária. “São pessoas que possuem facilidade e rapidez na aquisição de conhecimento, que pode ser em uma área isolada ou combinada. Essas características exigem ferramentas específicas e apoios diferenciados, para que o potencial individual de cada um possa ser estimulado”, complementa Andréia Panchiniak.

Desmitificar estereótipos e qualificar atendimento

O Portal é uma iniciativa inédita na área da superdotação no estado de Santa Catarina, desenvolvida pela FCEE a partir da parceria técnico-científica firmada com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão (FAPEU)/UFSC. O principal objetivo é desmitificar estereótipos, valorizar a produção artística e qualificar o atendimento pedagógico especializado da pessoa com altas habilidades/superdotação, que compõem o público da Educação Especial.

No endereço superdotacao.fcee.sc.gov.br, estarão reunidas as principais informações relacionadas às Altas Habilidades/Superdotação, como diretrizes, mitos, dúvidas frequentes, além da  relação de onde buscar atendimento especializado em todas as regiões do Estado Catarina. O Portal da Superdotação centraliza, também, informações sobre ensino e aprendizagem, elucidando técnicas, métodos de ensino e avaliação dos indicadores, apresentando cursos e capacitações para o profissional da educação especial.

Estará em destaque na plataforma, a Galeria de Arte Virtual, espaço de acervo que apresenta produções artísticas realizadas por estudantes com altas habilidades/superdotação do NAAH/S. “A exposição de trabalhos de estudantes com indicadores de AH/SD é necessária, conforme as teorias e práticas norteadas pelo Ministério da Educação, e as normas de atendimento suplementar propostas pelo pesquisador da área das Altas Habilidades/Superdotação, Joseph Renzulli”, comenta Vânia Franz, professora de artes do NAAH/S. Para ela, os espaços virtuais voltados à exibição de obras ajudam a diminuir o distanciamento entre o artista, suas obras e o público.

“Celebramos muito esse momento de lançamento do Portal, pois é mais uma conquista na área, e mais um trabalho pioneiro do nosso estado, que se coloca como destaque por ter um espaço que agregará conhecimento, informações, produções sobre a superdotação” completa Andréia, coordenadora do NAAH/S.

Sobre a Exposição ‘Lendo e Relendo Cruz e Sousa’ 

A Exposição ‘Lendo e Relendo Cruz e Sousa’ está em sua quarta edição, e apresenta 24 ilustrações exclusivas inspiradas nos poemas do poeta catarinense Cruz e Sousa. As obras foram produzidas em 2015 por estudantes do NAAH/S com idades entre 14 e 17 anos, à época, em uma atividade realizada pela Oficina de Artes Visuais, sob a mediação da professora de artes Vânia Franz, idealizadora do projeto. As criações são obras dos estudantes Julia Mantelli Copatti, Adriana Espíndola, Rafael Martins Rosa, Lupo Kroll e Luís Felipe Corrêa Aramburu.

A mostra ficará em cartaz até o dia 18 de julho no MESC e também estará permanentemente disponível na Galeria de Arte Virtual do Portal da Superdotação de Santa Catarina.

COMPARTILHE:
Joyce Santos

Joyce Santos

Jornalista e redatora do portal www.lerunica.com.br.
documento2.png

NOTÍCIAS RELACIONADAS