Foto: Divulgação

Vacina boa é vacina no braço!

COMPARTILHE:

Desde que a campanha de vacinação contra a Covid-19 foi iniciada e se tornou uma realidade entre os brasileiros, muito tem se falado sobre a eficácia dos imunizantes. Atualmente, são quatro os fabricantes que fornecem a vacina ao Ministério da Saúde brasileiro (CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen).

>> Quer receber notícias por WhatsApp? Acesse aqui

Segundo especialistas, todas as vacinas são eficazes e garantem a imunização. Das quatro fornecidas ao Brasil, três necessitam de duas doses (CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer) e uma garante a imunização com uma aplicação (Janssen).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas, há grupos nas redes sociais que são contrários a vacinação e, diariamente, publicam informações FALSAS sobre os imunizantes. Muitos chegam desmentir mortes ou sugerir efeitos colaterais futuros. De acordo com especialistas, tudo não passa de FAKE NEWS.

>>Única no Instagram: Acesse aqui

As constantes publicações têm preocupado médicos e pesquisadores. Isso por que, em grandes centros do país, muitas pessoas que tomaram a primeira dose, não estão procurando os postos de saúde para a segunda aplicação. Atitude que tem feito os profissionais trabalharem dobrado na procurar pelos cidadãos ausentes.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) chegou a alertar as instituições e autoridades sobre as notícias falsas, que só contribuem para aumentar os casos e as mortes por Covid-19. Em Imbituba, 106 moradores já perderam a batalha para o coronavírus desde 2020.

“As notícias falsas atrapalham o trabalho das equipes que imunizam a população. As Fake News precisam ser abolidas. Estamos seguindo a vacinação a todo vapor, porém, é necessário que todos tenhamos cuidados com o compartilhamento de publicações, principalmente, com as notícias sem procedência. Estamos com os casos controlados em Imbituba, mas, o vírus segue entre nós e não podemos vacilar. Vamos vacinar! Quando nos vacinamos, estamos cuidando uns dos outros”, disse a Secretária Municipal de Saúde, Graciela Wiemes Ribeiro.

Fonte: Assessoria de Comunicação/PMI

Compartilhe:

COMPARTILHE:

Joyce Santos

Joyce Santos

Jornalista e redatora do portal www.lerunica.com.br.

Notícias Relacionadas